Terapias de rejuvenescimento do Ayurveda

Rasayana (rasa: plasma sanguíneo, ayana: caminho) indica um tipo de tratamento no Ayurveda voltado para a promoção de saúde e prevenção de doenças, quando se trata do processo de envelhecimento.

É um dos 8 ramos ou especialidades do Ayurveda, ligado ao rejuvenescimento dos tecidos e à melhora da
qualidade de vida.
O significado literal de Rasāyana é “obter a nutrição ideal para o dhātu”, sendo que dhatus são os tecidos corporais. No Ayurveda, acredita-se que rasa (plasma) é o nosso tecido primordial, ou seja, os tecidos subjacentes formados a partir de rasa (que transporta nutrientes) dependem diretamente da qualidade do
rasa. Dessa forma, portanto, qualquer técnica terapêutica que melhore a qualidade de rasa resulta na melhora do estado de saúde geral.

Rasayana promove melhorias na saúde física e mental, melhoria na força corporal e nas faculdades mentais e resistência contra doenças. Este tratamento é mais adequado para pacientes de meia idade e seu uso oportuno pode melhorar o processo de envelhecimento.

 

O que são ou quais são as terapias de rasayana?

Tomando diferentes pontos de vista descritos por textos Ayurvédicos, Rasayana pode ser amplamente classificado em 4 grupos:

1. KāmyaRasāyana: os medicamentos (fitoterápicos) que melhoram a saúde e o vigor de uma pessoa saudável são conhecidos como KāmyaRasāyana;

2. NaimittikaRasāyana: os medicamentos usados ​​para aumentar a força física da pessoa doente são conhecidos como NaimittikaRasāyana. Podem ser usados como um complemento ao tratamento médico
específico de uma determinada doença, de modo que o paciente possa ser curado mais cedo;

3. MedhyaRasāyana: todas as drogas Rasāyana também melhoram as faculdades mentais, além de seus efeitos benéficos no corpo, mas as MedhyaRasāyana são aquelas drogas que têm efeito específico no
desempenho mental. Śaṅkhapuṣpī, Brāhmī, Vacā etc. pertencem a este grupo.

4. ĀcāraRasāyana: aspectos de saúde mental e emocional, rotina e boa alimentação e atitude de não violência (consigo, com os outros e com o ambiente) também são considerados meios de Rasāyana.

 

A literatura de Ayurveda traz que praticar a honestidade, evitar a raiva e o excesso de tensão, restringir o álcool, sexo e não ferir os outros também são ĀcāraRasāyana.
A própria Triphala, fórmula muito conhecida e comum no Ayurveda, pode ser considerada uma fórmula terapêutica da rasayana.

Lemos em textos do Ayurveda, que TriphalāCūrṇa – 3 a 6 g. para ser tomado com 100 a 250 ml. de leite ou 4 a 6 g. de mel 2 vezes por dia pode ser usado para tonificar os tecidos (por meio de rasa) e promover um melhor estado de saúde geral.
A medicina Ayurveda usa a Triphala como um pilar do tratamento gastrointestinal; no entanto, a complexidade das 3 plantas de rasayana, ervas rejuvenescedoras, na formulação permite muitas aplicações.

Estudos validaram uma série de usos potenciais de Triphala, que incluem:
– eliminação de radicais livres (antioxidante);
– ação antiinflamatória, analgésica e imunomoduladora;
– estimulação do apetite;
– redução da hiperacidez gástrica;
– cicatrização de feridas;
– ação calmante (sedativo);
– ação hipoglicemiante;
– ação antitumoral.

Os textos de Ayurveda não trazem o termo “adaptógeno”, mas várias ervas documentadas pela literatura de Ayurveda como terapia de rasayana apresentam propriedades adaptogênicas.
As terapias de rasayana então englobam as técnicas terapêuticas do Ayurveda já conhecidas como o Abhyanga (oleação corporal, com óleo morno medicado com ervas terapêuticas), massoterapia, Udwartana e Garshana (esfoliação corporal), plantas medicinais (compostos, masalas, chás, extratos) e práticas corporais como yoga e meditação. O que muda nesse tipo de tratamento é que todas as plantas serão utilizadas com o objetivo de rejuvenescimento e melhora da saúde geral do indivíduo, promovendo saúde e não apenas tratando uma doença propriamente dita.

É um tratamento de constante readaptação às novas condições de saúde que o tempo nos impõe.

 

Bruna Verzili
Naturóloga | Instrutora de Mindfulness e Yoga