O Outono para a Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é representado pelo elemento Metal.

Nesta estação do ano é característico a queda das folhas das árvores, das sementes e o término das colheitas no campo. 

Este movimento de decomposição da matéria orgânica trará ao solo a reposição de minerais (uma das representações do Metal) importantes para as próximas plantas.

Nesta fase, o clima também sofre suas modificações. A fase mais Yang do verão se vai, dando inicio a uma fase mais Yin.

Os dias se tornam mais curtos e ao entardecer já notamos a queda de temperatura.

A chegada do frio, do vento e da secura são um dos principais causadores de patologias externas segundo a MTC. Portanto, devemos nos protejer do vento (resgate seus cachecóis e meias!) e consumir mais líquidos (aproveite para beber aquele seu chá favorito!). 

Com toda essa mudança, passamos também por um estado de maior aconchego e recolhimento, aumenta a vontade de permanecer em casa e olhamos mais para o nosso estado interior. 

É uma fase para a reflexão e desapego.

 

Pulmão e Intestino Grosso.

Os sistemas de meridianos do elemento Metal são o Pulmão (Fei) e o Intestino Grosso (Da Chang).

Eles estão correlacionados com as funções respiratórias e a evacuação ou eliminação. 

O nosso Qi de defesa (Wei Qi) também está relacionado com este sistema e é responsável pela primeira linha de proteção do nosso corpo frente aos “invasores” externos (Vento, Frio, Secura), segundo a MTC.

Por isso, esta estação do ano está muito correlacionado com as infecções respiratórias (aqui correlacionamos principalmente com os resfriados causados por vírus sazonais como o vírus sincicial respiratório) e intestinais. 

O fortalecimento do Qi do meridiano do Pulmão é fundamental para evitar infecções do trato respiratório, assim como rinites, sinusites e bronquites.

 

Emoções e o Elemento Metal.

A emoção relacionada ao elemento metal é a tristeza, melancolia ou o pesar.

Estes sentimentos estão muitas vezes envolvidos com o sentimento de perda, seja através do luto ou até mesmo pelo desprendimento/desapego. 

O elemento Metal propicia a capacidade de desprender de sentimentos, de deixar ir e seguir em frente.

Com o bloqueio ou enfraquecimento deste sistema, costumamos ter aperto no peito, angústia, vazio no peito, soluçar ou até mesmo falta de ar. A tendência ao isolamento é comum em pessoas com o elemento Metal enfraquecido.

Técnicas respiratórias são muitas vezes utilizadas nas práticas orientais para acalmar e fortalecer o sistema do Pulmão (Fei).

 

Alimentos que fortalecem o elemento Metal.

Pela MTC, o sabor do elemento metal é o picante e a cor é o branco.

Os sabor picante tem a função de movimentar ou dispersar o Qi.

Dê preferência a comidas mais quentes e cozidas (sopas, caldos e/ou ensopados) nesta estação do ano.

Aproveite para comer: maçãs, peras, alho, cebola, inhame, cará, batata doce, mandioca, abóbora, nabo, rabanete, wasabi, gengibre.

 

Pele.

O meridiano do Pulmão também governa a pele.

Logo, nesta fase de frio e secura, a pele costuma se apresentar mais fragilizada.

A hidratação é fundamental para a boa saúde da sua pele.

 

Desapego.

Correlacionado com o movimento de desapego, a fase do metal é um ótimo período para finalizar antigos projeto e se libertar de antigas questões.

Aproveite para limpar a casa e eliminar itens já não mais essenciais: quebrados, sem utilidade, que lhe tragam más recordações.

Desapegue-se de antigos conceitos e preconceitos.

Deixe o Qi fluir.