A lombalgia é definida como dor aguda ou crônica na região lombar.

Trata-se de um problema muito comum na sociedade moderna, onde aproximadamente 70 a 80% das pessoas apresentarão dor lombar alguma vez na vida.

Dor Lombar
Dor Lombar

A lombalgia aguda é uma condição autolimitada, sendo que 90% das vezes os doentes se recuperam espontaneamente em 1 a 2 meses. Porém, mais da metade dos doentes podem apresentar uma recidiva da dor no período de 1 ano e cerca de 50% pode apresentar cronificação da dor. No entanto, somente 1 a 3% dos casos necessita de intervenção cirúrgica.

As principais causas de dor lombar são:

  • Inespecífica
  • Hérnia de Disco
  • Síndrome Dolorosa Miofascial
  • Estenose de Canal
  • Espondilolistese
  • Fraturas
  • Doenças infecciosas
  • Tumores
  • Doenças reumatológicas

O tratamento das lombalgias deve ser individualizado, dependendo da causa e do tempo de evolução da dor. Uma boa avaliação médica é fundamental para o diagnóstico correto e, consequentemente, para o sucesso terapêutico.

A Acupuntura atua de forma analgésica, anti-inflamatória e relaxante muscular, com a vantagem de não apresentar efeitos colaterais das medicações e atuar de forma direta na região da dor. Ela é indicada nos casos de dor lombar em que o tratamento é conservador, ou seja, não cirúrgico, e pode ser realizada para tratamento de crises agudas, dores crônicas e também prevenção de novos episódios.

O tratamento com acupuntura pode e deve ser associado a outros métodos terapêuticos ocidentais como: medicamentos, fisioterapia, exercícios, correções posturais, infiltrações, terapias manuais. Diversos trabalhos científicos comprovam o benefício da acupuntura e da eletroacupuntura no tratamento da dor lombar e atualmente é uma das principais indicações para a técnica milenar.

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) considera a região lombar como a “morada do Shen (Rins)” e a grande maioria dos casos crônicos estão associados a deficiência deste Zang Fu (órgão). A dor provém da diminuição da circulação do Qi (“energia”) e do Xue (“sangue”) nos meridianos, tanto por deficiência (casos crônicos), como por estase e excessos (casos agudos). A acupuntura consegue restaurar a circulação local de Qi e Xue, melhora o fluxo nos meridianos, tonifica os Zang Fu deficientes e restabelece o funcionamento do nosso corpo.

Lombalgia
A prevenção da dor melhora a qualidade de vida.