A cerimônia do chá

Cerimonia do chá

Conhecida também como chanoyu, chadō ou sadō, a cerimônia tradicional consiste em uma série de práticas para preparar, ingerir ou partilhar o chá e é baseada em quatro princípios: harmonia, pureza, respeito e tranquilidade.

Saborear um chá pode ser um momento contemplativo, de colocar atenção plena no que se faz e nos conectar.

Há muitas histórias sobre a origem do chá, mas uma das mais conhecidas e aceitas remonta ao imperador chinês Shennong, que viveu entre 2737 e 2697 a.C. Shennong, que significa “Fazendeiro Divino”, era muito ligado ao mundo das plantas e conhecido pesquisador de suas propriedades medicinais. Um dia após longa caminhada pelos campos, adormeceu sob uma árvore. Antes, porém, sempre atento a sua saúde, teve o cuidado de colocar a água para ferver antes de bebê-la. Ao acordar, algumas folhas da árvore caíram na água. Ele percebeu a mudança, experimentou e assim descobriu os benefícios da combinação.

 

A naturóloga Carol Buzolin explica sobre os benefícios do chá servido aos nossos pacientes.

Rooibos

Gracia Blend: rooibos, baunilha, casca de laranja, pétalas de rosa, de marianinha e de girassol.

O Rooibos, procedente da África do Sul, é rico em minerais e vitaminas. Tem um leve sabor adocicado e é perfeito para tomar a qualquer hora do dia já que não contém teína.

Esse blend possui propriedades calmantes e relaxantes. Não possui contraindicações.