Trabalhando com os mesmo princípios da acupuntura, porém sem a utilização das agulhas, a acupressão envolve a aplicação de pressão sobre os pontos ou trajeto dos meridianos de acupuntura. Tal aplicação pode ser realizada com as mãos, os polegares, cotovelos e eventualmente até com os pés. A pressão tende a ser firme, por alguns segundos, seguida da liberação do ponto. Pode também ser utilizada técnicas de alongamento e deslizamento ao longo dos meridianos de acupuntura.

A compressão deste ponto alivia náuseas e vômitos.
A compressão deste ponto alivia náuseas e vômitos.

A acupressão promove o relaxamento muscular, aumento a circulação local, liberação de pontos gatilhos da musculatura (miofasciais) e liberação de endorfinas. Pela Medicina Tradicional Chinesa (MTC), ela desbloqueia os canais e os pontos de acupuntura, fazendo com que o Qi (“energia”) volte a circular livremente pelo corpo, restabelecendo o funcionamento do corpo, promovendo a “auto cura”.

Evidências científicas demonstram que a acupressão no ponto Neiguan (PC6) melhoram náuseas e vômitos em pacientes.

Popularmente utilizado para dores de cabeça, este ponto também melhora quadros de constipação.
Popularmente utilizado para dores de cabeça, este ponto também melhora quadros de constipação.

Muito utilizada na China há milhares de anos como forma de “auto tratamento”, ela pode ser indicada para pacientes com fobia a agulha (crianças e adultos) e para ser realizada em casa como complemento do tratamento em consultório. No Japão, a técnica do Shiatsu foi desenvolvida a partir das bases da MTC.